Google+ Followers

27 de maio de 2016

Dos dias:





Elsa Silva Fotografia



Há dias em que me apetece calçar umas galochas, enfiar umas luvas e cuidar de jardins.
De chapéu de palha na cabeça e com uma flor na orelha direita. De sorriso na boca e de olhar perdido em tanta beleza.
Há dias em que me apetece andar descalça na rela molhada da rega e depois deitar-me a ver as nuvens no céu azul. 


Há dias em que me sinto uma flor.














26 de maio de 2016

Dos encontros:



Hoje venho falar-vos dos miminhos que a Fapex nos deu no encontro de bloggers do dia 15 de maio.




Elsa Silva Fotografia




A Fapex é um site que dispõe de imensas marcas de renome a preços muito acessíveis (bem mais do que aqueles que estamos habituados a ver nas lojas). Tem apenas um custo de portes de envio de cerca de cinco euros por encomenda.

Ainda não fiz nenhuma encomenda mas já tenho a lista feita dos produtos que quero porque brevemente irei fazê-lo. É fiável e rápido. (E perguntam vocês: Como sabes se ainda não encomendaste?! Descansem, conheço pessoas próximas que já o fizeram ).

Passemos às ofertas que recebi:


Toni Guy Glamour firm hold hairspray
Uma laca que promete fixação durante todo o dia.
Testado e aprovado.




Garnier Ambre Solaire 1 week Glow Rosto
Autobronzeador para um bronzeado luminoso, natural e uniforme.
Ainda por testar.



Deo Roll-On antitranspirante da Oriflame
A marca garante uma fórmula invisível para não manchar a roupa, bem como uma pele aveludada.
Testados e aprovados.




Creme corporal de amêndoa e creme de duche de romã da Weleda
Produtos naturais, cremosos, hidratantes e suaves.
Testados e aprovados.




Orofluído Original Elixir
É um elixir de brilho e beleza para todo o tipo de cabelo. Muito cheiroso.
Testado e aprovado.



Creme Liftactiv Vichy
Creme antirrugas, para pele normal a mista, que reafirma a pele e combate as rugas desde o interior. 
Testado e aprovado. 




Roberto Cavalli Paradiso
Amostras de um perfume floral, sofisticado e sensual.
Testado e aprovado.
(Gostei muito deste eau de parfum para esta época do ano)







Mais uma vez, um grande obrigada à Fapex por nos mimar assim.






23 de maio de 2016

Dos campeonatos:



créditos: Elsa Silva Fotografia




Ainda não me tinha pronunciado sobre isto aqui, mas aqui está:


TriCampeões com muito orgulho, suor e amor!








20 de maio de 2016

Dos encontros:




Continuando a longa conversa que por aí vem ( em vários posts ), hoje vou falar-vos do sítio que a Alexandra do blogue Women´s Pleasures & Treasures e a Marta do blogue Life Inc. escolheram para nos encontrarmos e nos sentirmos "em casa". 



Bite Me.


O Bite Me está inserido no Espaço 7: uma casa antiga em plena Foz ( lugar lindíssimo ). É o spot perfeito para um brunch ou apenas para um lanche. 
Pessoalmente adorei o espaço, muito bem decorado, muito confortável e super acolhedor. O dia estava lindíssimo e conseguimos aproveitar ao máximo o espaço exterior que o Bite Me dispõe.





créditos Elsa Silva Fotografia


O brunch era composto por limonadas, sangrias, chás, bolos, iogurtes com cereais, scones com manteiga e compotas, salada, folhados diversos, queijos, panquecas, enchidos, entre outros.
Sem dúvida que será uma experiência a repetir porque estava tudo delicioso.






créditos Tiago Reis Fotografia



Nunca faltou comida, bebida e muito menos boa disposição. Um espaço bonito, cheio de mulheres bonitas só poderia ter como resultado final um dia cinco estrelas.



De lembrar também, a simpatia e disponibilidade da 



Marta Machado, proprietária do Bite Me

e da 


Joana Moreira, gestora da página do Facebook



Para quem quiser, e passo a citar "Confort food, num espaço que convida a relaxar e a apreciar os momentos bons da vida!", sinta-se à vontade para visitar este belo cantinho.


Bite Me
Rua do Teatro, 133 (Espaço 7 Trend Store)
+351 226 101 839
Seg-Sáb 10:30-19:30 (com brunch ao Sábado)






19 de maio de 2016

Dos paladares:

Eu gosto muito de cozinhar, e o facto de ter morado sozinha cerca de dois anos ( e depois com o M. (o meu maridão) ), aperfeiçoei algumas coisas. Uma delas foi reduzir ao sal. A nossa comida portuguesa leva quantidades exageradas de sal ( e todos sabem que isso nos faz mal à saúde). Assim sendo, aprendi a usar ervas aromáticas para poder fazer essa redução.

Aqui vão algumas das que uso com alguma frequência:




Salsa
A salsa combina com praticamente tudo e está presente na maioria do nossos pratos. Para obterem um maior sabor usem-na no final da preparação do prato.
Esta planta gosta de clima ameno e ensolarado. Tentem que a sua terra esteja sempre húmida (mas sem ficar encharcada). 



Oregãos
Os oregãos são muito versáteis e normalmente são usados secos.
Aqui em casa usamos principalmente nas saladas e carnes.
Esta erva gosta de clima ameno mas gosta de receber luz direta do sol. Tentem que a sua terra esteja sempre húmida (mas sem ficar encharcada). 



Menta
A menta é uma erva com um sabor forte e normalmente é usada para fazer chás. Fica ótima com molho de iogurte, e em limonadas e morangadas.
Esta erva não tolera os raios de sol diretos. Tentem que a sua terra esteja sempre húmida (mas sem ficar encharcada). 



Alecrim
O alecrim fica ótimo em assados, sejam eles de carne ou peixe. Batatas aromatizadas com alecrim e alho ficam deliciosas.
Esta erva gosta de um clima subtropical e com claridade.  Tentem que a sua terra esteja sempre húmida (mas sem ficar encharcada).



Coentros
Os coentros têm um sabor intenso e por isso ficam bem com alimentos picantes. Para quem gosta de ceviche, os coentros são indispensáveis.
Esta erva gosta de ambientes ensolarados ou com parcial sombra.  Tentem que a sua terra esteja sempre húmida (mas sem ficar encharcada).


Cebolinha
A cebolinha é uma planta de fácil cultiva e deve ser usada sempre fresca. Combina com praticamente todos os tipos de pratos e também faz maravilhas no que diz respeito a decoração de alguns pratos.
Esta erva cresce melhor com temperaturas amenas mas sempre com luz direta (nem que seja por algumas horas).  Tentem que a sua terra esteja sempre húmida.





Manjericão
O manjericão conjugado com tomate é perfeição pela certa. É ótimo para fazer molhos (como o pesto), bruchetas e omoletas. Nunca cozinhe o manjericão.
Esta erva gosta de climas quentes e muita claridades. Reguem quanto a sua terra estiver a ficar seca.



Tomilho
O tomilho é uma erva versátil,mas pessoalmente gosto dela em carne e peixe grelhado. Normalmente é usada seca.
Esta erva sobrevive em vários climas desde que receba a luz do sol diretamente. Tentem que a sua terra esteja sempre ligeiramente húmida.








Já tive todas plantadas em vasinhos na minha varanda, algumas vão morrendo, outras vão sobrevivendo e outras ainda sentem-se realmente em casa. Também tenho ervas secas em frascos comprados nos hipermercados (que dão sempre muito jeito).
Se nunca provaram devem fazê-lo porque tenho a certeza de que não se vão arrepender. Algumas não são de gosto fácil mas é como diz a velha máxima: os gostos educam-se.
Vão tornar os vossos pratos mais saudáveis e a vossa saúde e bem-estar agradecem.








17 de maio de 2016

Dos programas televisivos:




Ontem, o programa "E se fosse consigo?" abordou o tema da violência no namoro. 

Numa altura em que os números revelam que cada vez mais jovens exercem algum tipo de violência numa relação, seja física, verbal ou sexual, a SIC foi para rua saber o que fazem as pessoas ao verem este tipo de coisas. Muitas ignoraram, outras fizeram o mais correto e intervieram na situação, mas os números revelam que a maioria fez vista grossa.

Eu acho muito importante que as pessoas no geral, mas principalmente os adolescentes, tomem consciência do que se passa hoje em dia. É importante que saibam dizer não, é importante que não cedam a primeira vez ( porque a partir daí vão ceder mais uma e outra vez...), é importante que mesmo que amem consigam ver além.

Exigir o telemóvel ao/à namorado/a, proibir de sair/estar com amigos, impedir de vestir algum tipo de roupa É VIOLÊNCIA.
No início podemos achar que são ciúmes bons mas isso não existe. Qualquer situação que nos impeça de sermos nós mesmos, não é amor.

Amor não é possessão, não é violência, não é desconfiança, não é prisão. Amor é ser livre para nos amarmos a nós mesmos, para depois podermos amar o próximo. 


Porque é que este programa mereceu mais a minha atenção?
Porque eu própria já fui "obrigada" a mostrar o telemóvel ( a dizer quem me mandou mensagem, quem me ligou ), a não poder sair só com as minhas amigas ( porque elas eram estas e aquelas ), a não poder usar decotes (fossem eles de que tamanho fossem). Eu própria já sofri desta violência, e só eu sei o que sofri por não poder ser eu mesma.

O que aconteceu a este namoro?
Deteriorou-se e acabou por terminar. Tínhamos tudo para ser felizes mas a possessão e o ciúme acabaram por ditar o fim à relação. Com o tempo e a idade a passar por nós, espero sinceramente que tenha eliminado esta parte má da sua vida porque só assim pode ser feliz na totalidade.






Hoje estou e sou muito feliz numa relação ( casada e bem casada ) cheia de amor, compreensão, harmonia, carinho e cumplicidade. 







16 de maio de 2016

Dos encontros:







Ontem foi dia de Bloggers Meeting Spring com algumas bloggers do Porto. 
Depois de um jantar de Natal (ao qual não fui), um lanche espetacular e super descontraído( o primeiro evento deste género que presenciei), chegou a vez do brunch soalheiro e delicioso.
As bloggers Alexandra Aragão e Catarina Aragão juntamente com a blogger Marta D'Alte trataram de tudo, e mais uma vez mimaram-nos durante horas. Estava tudo perfeito e delicioso. 
Um muito obrigada por tornarem estes dias possíveis! ( Para quando o próximo?!)
Um muito obrigada também ao Tiago Reis (por ser o nosso fotografo de serviço nestas ocasiões), às marcas que nos enviaram miminhos e à Marta Machado, do Bite Me, que é super simpática ( e faz uns sconnes maravilhosos)




Brevemente trago mais sobre este evento.








13 de maio de 2016

Dos livros:








Tendo em conta a Primavera chuvosa que estamos a atravessar, achei que este livro seria ótimo para ler nesta altura. 

Durante toda a leitura senti-me a comemorar o Natal, e tive mesmo que fazer um cházinho quente com o sabor Christmas Tea da Whittard ( um dia destes falo sobre esta marca e sobre a pessoa que me deu a conhecer).

São três histórias, de três autores, que se cruzam de uma maneira brilhante. As personagens estão praticamente todas interligadas (mas só na última história nos apercebemos disso) e têm todas finais felizes. 

Recomendo 
(mas só em dias cinzentos com muito frio).












Dos conselhos:











Quando achamos que somos a última bolacha do pacote, é melhor confirmar se o prazo de validade não terminou.


É feio usarem as (pseudo-)amizades para alcançarem outros fins.



A obsessão tem cura ( começa dentro de cada um ).








Dos pensamentos rápidos:










Trezentasesessentaecincocartasdeamor.








11 de maio de 2016

Dos livros:






Ontem acabei de ler "À procura de Alaska" e fiquei a pensar.

Não esperem que alguma vez faça críticas extensas sobre os livros que leio porque não vai acontecer. Não gosto de o fazer. Eu gosto de ler, apreciar e guardar para mim o máximo do que leio (mesmo que o livro seja excelente, bom, mediano ou péssimo. Há sempre o que retirar, quanto mais não seja das entrelinhas). Deixo as críticas para os entendidos.
Este, recomendo.








Frase favorita do livro: 
"If people were rain I was drizzle and she was a hurricane." 

6 de maio de 2016

Das escritas:





Ela desenhou uma borboleta na parede do quarto. Não era uma borboleta qualquer, era uma que ela tinha aperfeiçoado para tratar como sua. Ele olhou e ficou calado, pensativo.


Ele: Porquê?
Ela: Porque por muitos anos que passem, por muito longe que eu possa estar,por muitas mudanças que esta parede sofra, eu estarei sempre marcada em ti como se de uma tatuagem se tratasse.


Ele beijou-a e amou-a (como se tivesse medo que o amanhã chegasse) . Ela beijou-o e amou-o na certeza que o amor será para sempre.








Dos temqueser:




Lembro-me de que, quando era mais nova, achava piada a quem tinha aparelho nos dentes. Sempre achei que dava uma certa pinta. Com o passar dos anos fui percebendo realmente tudo o que usar um aparelho arrasta atrás de si: dores, desconforto e inicialmente não poder comer.
Ora bem, aos 27 anos o meu corpo decide que deve mudar e que os meus dentes devem começar a doer. Estranhei a dor, no início até pensei que fosse sensibilidade dentária. Corri para a minha dentista, que sem qualquer espanto me diz que preciso usar aparelho, porque ao fim de tantos anos, os meus dentes começaram a ficar demasiado juntos (como se já não tivessem espaço para viver na rua sem incomodar o vizinho). Eu só consegui ficar em choque e dizer que ia no assunto com carinho (afinal estamos a falar de um valente de um investimento). Já passou cerca de um mês e meio desde a última visita e não vejo outra solução, a não ser avançar com isto. Sinto-me de novo com 14 anos mas sem a mesma vontade de usar este tipo de coisas.
Deixei passar as férias, o meu aniversário e agora com toda a seriedade, vou tratar de fazer os exames necessários para começar esta nova etapa ( que diga-se, não me agrada nada mas é o chamado tem que ser).










3 de maio de 2016

Das semanas marcantes:




Depois de uma semana em grande com férias merecidas, chegou a semana do ano que traz recordações.
Esta semana é a TAL semana, a semana da Queima. Hoje é dia de cortejo. Ah, que saudades desses tempos. Vestidos de preto, ou não, mas sempre vestidos de amizades, sorrisos e companheirismo. 
Do tempo de faculdade há muito o que dizer, mas sobretudo desta semana que nos deixa gravada no coração memórias que nunca esqueceremos. Cada um guarda para si da maneira que quiser, eu guardo com muito amor e saudades. Saudades que só nós sabemos. 
O tempo avança, e com isso não quer dizer que as coisas piorem ou melhorem (é diferente, pronto!), mas aqueles dias, aqueles tempos, ninguém vai esquecer!
Trago sempre no peito amigos especiais, pessoas que me marcaram e que ainda hoje seguem comigo nesta longa caminhada que é a vida.
Obrigada Flup por me teres mostrado tantas pessoas boas, por me teres ensinado tanta coisa boa que levo para a vida. Obrigada a vocês por serem quem são e por termos as nossas vidas cruzadas. Obrigada! heart emoticon



Será sempre o Azul eterno do meu coração, o Azul Escuro! heart emoticon